Atuação de diferentes classes de fármacos sobre o trato gastrintestinal e inter-relação com a imunidade local em ratos

Título: Atuação de diferentes classes de fármacos sobre o trato gastrintestinal e inter-relação com a imunidade local em ratos

Descrição: Pretende-se avaliar o efeito de fármacos que podem comprometer o funcionamento do trato gastrintestinal e da sua imunidade local, de modo ainda não completamente compreendido.

Linha de pesquisa: Imunomodulação e Imunofisiologia

Responsável: Profa. Dra. Madileine Francely Américo

Aspectos imunofisiopatológicos relacionados ao trato gastrintestinal durante infecção por Strongyloides venezuelensis em ratos

Título: Aspectos imunofisiopatológicos relacionados ao trato gastrintestinal durante infecção por Strongyloides venezuelensis em ratos

Descrição: Pretende-se correlaciona o perfil motor gastrintestinal, avaliado por técnica biomagnética, com parâmetros morfológicos e parasitológicos durante a infecção por Strongyloides venezuelensis.

Linha de pesquisa: Imunomodulação e Imunofisiologia

Responsável: Profa. Dra. Madileine Francely Américo

O-glicosilação com N-acetil-glucosamina (O-GlcNAc) na modulação de citocinas durante a gestação

Título: O-glicosilação com N-acetil-glucosamina (O-GlcNAc) na modulação de citocinas durante a gestação.

Descrição: Alterações nos níveis de O-GlcNAc demonstram um importante papel na transcrição, tradução, transporte nuclear, estabilidade de proteína em diversas células, e essa modificação pós-traducional pode ser aumentada sob condições de hiperglicemia. Neste trabalho, será estudada a relação entre O-GlcNAc e a função placentária e vascular durante a gestação

Linha de pesquisa: Imunologia da relação Materno-Infantil

Responsável: Profa. Dra. Fernanda Regina C. Giachini Vitorino

Respostas metabólicas e renais da imunossupressão na gestação de ratas

Título: Respostas metabólicas e renais da imunossupressão na gestação de ratas.

Descrição: Envolve os possíveis efeitos biológicos que a imunossupressão (induzida por medicamentos) ocasiona na função renal, secreção e ação insulínica e também transporte lipídico sérico no período gestacional de ratas. Além disso, parâmetros fetais também são avaliados. Desta forma, esta linha abre um grande número de projetos de pesquisa a fim de compreender o risco-benefícios do uso de medicamentos imunossupressores na gestação

Linha de pesquisa: Imunologia da relação Materno-Infantil / Imunomodulação e Imunofisiologia

Responsável: Prof. Dr. Kleber Eduardo de Campos

O metabolismo intermediário e o perfil imunológico em modelos transgeracionais de obesidade e Diabetes mellitus em ratos

Título: O metabolismo intermediário e o perfil imunológico em modelos transgeracionais de obesidade e Diabetes mellitus em ratos.

Descrição: Possui a finalidade de compreender os mecanismos fisiopatológicos e vias do metabolismo intermediário e parâmetros imunológicos da obesidade e Diabetes mellitus em gerações de ratos, sobretudo no leucograma, imunoglobulinas, transporte lipídico, função hepática e secreção e ação insulínica.

Linha de pesquisa: Imunomodulação e Imunofisiologia

Responsável: Prof. Dr. Kleber Eduardo de Campos

Efeito de produtos naturais na prenhez de ratas: Repercussões maternas e fetais

Título: Efeito de produtos naturais na prenhez de ratas: Repercussões maternas e fetais.

Descrição: Envolve os possíveis efeitos do tratamento com produtos naturais para o organismo materno em seus descendentes. Especificamente, os possíveis efeitos tóxicos desse tratamento e seu mecanismo de ação, avaliando os parâmetros imunológicos, estresse oxidativo, alterações no desemprenho reprodutivo e desenvolvimento fetal

Linha de pesquisa: Imunologia da relação Materno-Infantil

Responsável: Prof. Dr. Gustavo Tadeu Volpato

Repercussões de diferentes tratamentos e efeitos materno-fetais em estudos experimentais no binômio diabete e gestação

Título: Repercussões de diferentes tratamentos e efeitos materno-fetais em estudos experimentais no binômio diabete e gestação.

Descrição: Envolve os possíveis efeitos biológicos que o diabete ocasiona para o organismo materno em seus descendentes. Além disso, avalia os efeitos na imunologia, bioquímica, estresse oxidativo, desemprenho reprodutivo e desenvolvimento fetal dos diferentes tratamentos (plantas medicinais, exercício, dieta, medicamentos) no binômio diabete e prenhez.

Linha de pesquisa: Imunologia da relação Materno-Infantil

Responsável: Prof. Dr. Gustavo Tadeu Volpato

Papel da O-Glicosilação na função vascular e em citocinas pró-inflamatórias via modulação de espécies reativas de oxigênio

Projeto: Papel da O-Glicosilação na função vascular e em citocinas pró-inflamatórias via modulação de espécies reativas de oxigênio.

Descrição: Considerando que: 1) proteínas importantes na função cardiovascular são alvos da O-GlcNAc; 2) não se sabe, com clareza, a associação entre EROs e O-GlcNAcilação, em aspectos vasculares; este projeto de pesquisa testará a hipótese de que a resposta vascular contrátil é resultado do aumento da expressão de fatores imunológicas, por sua vez mediada por aumento dos níveis de proteínas O-GlcNAc.

Linha de pesquisa: Imunomodulação e Imunofisiologia

Responsável: Prof. Dr. Victor Vitorino Lima

Caracterização de fatores bioquímicos e imunológicos em pacientes portadores de doença renal crônica

Título: Caracterização de fatores bioquímicos e imunológicos em pacientes portadores de doença renal crônica.

Descrição: A doença renal crônica (DRC) comumente leva a diversas comorbidades, das quais se destacam as doenças cardiovasculares. Tais doenças têm sido responsáveis por grande parte de óbitos entre estes pacientes. O sistema imunológico também apresenta disfunções importantes, inclusive no que se refere ao processo de inflamação, o que ocasiona certo descontrole na liberação e ação de mediadores inflamatórios como, por exemplo, as citocinas. Neste contexto, as citocinas têm sido utilizadas como biomarcadores da inflamação e ainda como preditores para o risco de mortalidade entre pacientes com DRC, especialmente àqueles na etapa final da doença. Considerando a alta prevalência desta patologia em nosso país e a elevada taxa de mortalidade entre estes pacientes, tornam-se necessários mais estudos voltados a este tema. Sendo assim, objetiva-se nesta pesquisa avaliar as citocinas e fatores bioquímicos em pacientes portadores de DRC em estágios avançados. Mais especificamente tem-se o objetivo de verificar a possíveis relações entre citocinas, doenças cardiovasculares e doença renal crônica

Linha de pesquisa: Imunomodulação e Imunofisiologia

Responsável: Prof. Dr. Victor Vitorino Lima