Estuda a prevalência e incidência das doenças infecciosas e parasitárias e suas relações com o sistema imune;

Estabelece inquéritos soroepidemiológicos e avalia a imunidade específica naturalmente adquirida ou artificialmente induzida;

Estuda os processos de erradicação e reintrodução das doenças do ponto de vista imunoparasitário e o agravamento de patologias.

Esta linha tem como objetivo investigar a importância da pesquisa de anticorpos em inquéritos soroepidemiológicos e correlacionar com as principais doenças endêmicas, além de estabelecer a prevalência de doenças infecciosas e parasitárias, verificando a erradicação de doenças e a reintrodução de novos casos em áreas consolidadas.